Como lidar com os fornecedores em obras?

4bricks     15/07/2016       

A gestão de fornecedores é muito importante para o sucesso de uma obra. É uma área que deve ser muito bem cuidada, pois ela oferece um diferencial estratégico para a construção. Além de evitar problemas difíceis de serem resolvidos, ao gerir os seus fornecedores, o arquiteto planejará a obra de maneira eficiente.

Como lidar com os fornecedores em obras?

Para que seja feita a correta gestão de fornecedores, é preciso conhecer a competição no mercado de trabalho ao nível da cadeia produtiva e não somente nas suas unidades de negócio. Quer saber mais sobre como gerir os fornecedores em obras? Então conheça as nossas dicas e coloque-as em prática agora mesmo!

Como fazer a gestão de fornecedores em obras?

Conheça seus objetivos

Para que o arquiteto possa gerenciar seus fornecedores com qualidade, é preciso que ele tenha em mente quais serão seus objetivos. Com as metas esclarecidas, será possível criar um plano eficiente para gerir todos os processos relacionados aos produtos que serão necessários na obra, além de criar metas realistas.

O arquiteto deverá saber qual será a demanda total, desde a criação de seus produtos, até o consumidor final. Mas como isso está relacionado com os objetivos da obra? Ao compreender qual o custo total da obra, será possível ter uma noção do valor a ser gasto e, assim, alinhar esse dado a gestão dos fornecedores.

Saiba negociar com seus fornecedores

É necessário saber quais são os prazos, as quantidades necessárias para a obra e o valor máximo da negociação. Quando os arquitetos não possuem essas questões definidas com clareza, elas vão de acordo com as condições dos fornecedores, o que pode acabar sendo prejudicial. O poder de negociação está diretamente relacionado ao sucesso das transações!

Por isso, é preciso que o arquiteto saiba negociar bem. O negócio deve ser vantajoso para ambas as partes. Quanto maior for a satisfação do fornecedor, mais ele irá lhe agradar, pois ele também está interessado em realizar a venda. Essa sinergia fará com que as duas partes saiam beneficiadas e possam pensar em estratégias para potencializar os ganhos.

Entenda suas prioridades

Este é um ponto crucial para que a gestão de fornecedores seja feita com qualidade. Primeiramente é preciso definir alguns princípios básicos, como qual o número de fornecedores irá precisar e como você irá fazer a escolha dos mesmos.

Você poderá trabalhar com vários fornecedores para um mesmo produto, ou com somente com um. Tudo irá depender da sua demanda. Por isso, é importante fazer uma análise individual de cada um, avaliando os prós e contras, além de definir qual melhor se adequa aos prazos da obra. Assim será possível ter uma base de dados com detalhes sobre todos os fornecedores potenciais para sua obra, possuindo alternativas de acordo com o andamento da mesma.

Também é preciso que se escolha um fornecedor para dar prioridade. Isso criará uma relação de confiança mútua, permitindo que o arquiteto tenha a quem recorrer em momentos de necessidade. Essa credibilidade será uma grande vantagem para o arquiteto e a obra!

Percebeu como a gestão de fornecedores é importante para o sucesso de uma empresa? Quer conhecer mais sobre o assunto? Então não deixe de assinar nossa newsletter!

Compartilhe isso